Tantas vezes vai o cântaro à fonte, que um dia lá deixa a asa. O provérbio reflete bem o momento estorilista e  a máxima que o treinador Ivo Vieira quer manter para o jogo deste sábado, frente ao Benfica, não abdicando da corrente ofensiva dos últimos jogos.

“Não podemos ir à Luz com receio de fazer aquilo que temos feito ultimamente. Podemos ter dificuldades mas assim seremos mais fortes. Prefiro perder fazendo tudo para ganhar do que perder por 1-0 e não ter feito nada para conseguir [a vitória]. Temos de ser uma equipa objetiva e de ataque”, vincou o treinador estorilista em conferência de imprensa, referindo que tem uma das equipas com mais ataques na Liga.

Ivo Vieira recusa a ideia de um adversário fragilizado pelo percurso na Liga dos Campeões, entende que são “jogos completamente diferentes” e que o Benfica tudo fará para se aproximar do primeiro lugar da tabela. “Estamos muito concentrados na valia do adversário mas também naquilo que podemos fazer. Este jogo pode significar uma viragem de forma positiva. Vai ser difícil, na casa de um clube com a dimensão do Benfica, mas não vamos abdicar da nossa ideia de jogo”.

Quanto à ausência de golos o treinador poderia recorrer ao provérbio inicial deste texto ou trocá-lo por ‘miúdos’ e dizer que… “não marcamos há alguns jogos mas estamos a trabalhar a equipa para que isso possa acontecer o mais breve possível”.

Estoril e Benfica entram em campo em jogo a contar para a 14.ª ronda da Liga NOS este sábado às 18:15 horas, no Estádio da Luz.