O Estoril Praia venceu esta noite, 12 de dezembro, o Boavista FC por 2-1, numa partida da quarta eliminatória da Taça de Portugal, resultado que permite ao Mágico avançar para os oitavos de final da prova Rainha do Futebol.

Com um calendário apertado, Bruno Pinheiro voltou a fazer muitas mexidas no 11 inicial do Estoril Praia, mudando 9 jogadores em relação à partida da 3ª eliminatória da Taça, frente ao Lusitano Ginásio.

Alinharam de início pelo Mágico Thiago na baliza, João Diogo, Marcos Valente, Hugo Gomes e Joãozinho na defesa, João Gamboa, André Franco e Miguel Crespo no meio-campo, Harramiz, Vidigal e Aziz na frente de ataque.

Começou melhor o Estoril Praia, mantendo a identidade de jogo que caracteriza a equipa de Cascais, construção a partir do seu reduto defensivo, variações constantes de flanco e o aproveitamento da velocidade dos homens mais avançados no terreno, e com a filosofia habitual, o primeiro lance de perigo surgiu aos 8 minutos de jogo, com Aziz a ganhar em velocidade no flanco direito e a centrar para Vidigal, que por pouco não abriu o ativo no Estádio António Coimbra da Mota.

O Boavista foi encaixando no jogo do Mágico e à passagem da meia hora, os axadrezados criaram perigo junto da baliza Estorilista, com o guardião Thiago a resolver com uma defesa para canto aquela que foi a melhor oportunidade do adversário na primeira parte.

Ao intervalo, Bruno Pinheiro foi obrigado a mexer na equipa, tirando Marcos Valente que apresentava queixas musculares, para meter Hugo Basto.

O Boavista regressou do descanso mais perigoso, pressionando alto a defesa do Estoril Praia, procurando condicionar a construção de jogo.

Foi de bola parada que os comandados de Bruno Pinheiro desbloquearam o marcador, livre de André Franco na esquerda do ataque, Bracalli defende para fora da área e Miguel Crespo, de pé esquerdo, remata para o fundo das redes Boavisteiras, estava feito o primeiro do Estoril Praia e o primeiro golo de Miguel Crespo nesta temporada.

A vencer, o Estoril Praia não baixou as linhas e procurou sempre dilatar o resultado.

Aos 75 minutos, novo livre no lado esquerdo e de novo para André Franco bater para o coração da área e desta vez foi Hugo Gomes, que de cabeça, fez o 2-0 para os canarinhos.

O Boavista teve ainda tempo de chegar ao golo, aos 89 minutos, Javi Garcia ganha a bola no interior da área e no poste contrário assiste o recém-entrado Jorge Ramirez para o 2-1 final.

O Estoril Praia venceu e segue para os oitavos de final da Taça de Portugal.

Conferência de imprensa