O Estoril Praia foi este sábado à Vila das Aves disputar a quinta jornada da Fase de Apuramento de Campeão da Liga Revelação, frente ao Leixões SC.

A formação dos canarinhos iniciou a partida com quatro alterações no 11 face ao último jogo. Nuno Macedo na baliza, Tiago Manso, Vasco Oliveira, Pedro Guerra e Pedro Empis na defesa, Diogo Batista e Klismahn no meio-campo e na frente Chiquinho, Elias Achouri, Lucas Macula e Rúben Pina foram as escolhas de Vasco Botelho da Costa.

O Leixões que nesta fase da competição tinha apenas uma partida disputada, entrou com vontade de criar perigo à baliza de Nuno Macedo. Logo ao primeiro minuto, foi assinalado fora de jogo à equipa da casa e três minutos depois, numa jogada combinada do ataque, Tiago Manso afastou o perigo.

Numa primeira parte disputada com grande intensidade pelas duas formações, foi dos pés de Pedro Empis que surgiu o primeiro lance de perigo para a baliza de Gonçalo Tabuaço. Empis centra para o coração da área, onde Elias se preparava para cabecear, mas o guardião do Leixões levou a melhor com os punhos. Diogo Batista esteve perto do golo, ao conquistar uma segunda bola e a rematar ao lado da baliza.

Aos 33 minutos, numa perda de bola no meio-campo, André Lacximicant leva a melhor sobre Klismahn e avança na direção da baliza do Mágico, Vasco Oliveira recupera a posição e protagoniza um corte crucial ao remate do avançado do Leixões.

As equipas recolheram aos balneários empatadas a zero e no regresso ambos os treinadores mexeram nas equipas. No Estoril Praia, Gilson Tavares e Douglas Aurélio substituíram Macula e Rúben Pina respetivamente.

Ao contrário do primeiro tempo, aos 15 segundos da segunda parte, Klismahn encontra Chiquinho na esquerda que remata junto ao canto superior direito da baliza do Leixões.

Nuno Macedo evitou o golo na melhor jogada do Leixões na partida. Aos 54 minutos, Dinho na frente de Nuno Macedo, vê o guardião estorilista a evitar o golo numa defesa com o pé direito.

O golo do Leixões surgiu a 25 minutos do fim, Papalelé conquista o esférico num ressalto, deixa para trás dois defesas do Estoril Praia e com o pé esquerdo faz o 1-0.

O treinador do Estoril, que antes do golo tinha colocado em campo Lucas Silva no lugar de Pedro Empis, voltou a mexer na equipa e fez entrar o estreante Serginho para a posição de Diogo Batista.

No último quarto de hora do jogo, o Estoril Praia esteve mais atacante mas com dificuldade em finalizar e o Leixões a apresentar-se com linhas mais baixas e a reforçar a defesa. Vasco Oliveira ainda esteve perto do golo, mas faz a bola passar sobre a baliza num livre direto.

A partida terminou com a vitória do Leixões por 1-0.

O Estoril Praia recebe a B SAD no próximo dia 16 de fevereiro, às 11H00, no Estádio José Gomes.

Classificação