Liga Portugal 2: Reviravolta épica do Estoril Praia frente ao Cova da Piedade

O Estoril Praia venceu este sábado, 20 de março, o CD Cova da Piedade por 2-3, numa partida da jornada 25 da Liga Portugal 2 SabSeg em que os canarinhos até entraram a perder, mas com uma segunda parte épica, onde até se falhou um pontapé da marca de grande penalidade, a equipa de Cascais saiu vitoriosa do Estádio Municipal José Martins Vieira, em Almada.

Com Harramiz de fora por lesão, Bruno Pinheiro mudou dois jogadores no 11 inicial em relação ao último encontro, entrando de início com Dani Figueira na baliza, João Diogo, Hugo Basto, Hugo Gomes e Joãozinho no quarteto defensivo, João Gamboa, Miguel Crespo e André Franco no meio-campo, Murilo, Bruno Lourenço e Aziz como homens mais avançados no terreno de jogo.

11 inicial do Estoril Praia

Apostado em resolver o jogo desde cedo, o Estoril Praia apresentou o seu habitual esquema tático e logo nos primeiros minutos André Franco assustou o adversário, na cobrança de um pontapé de canto o médio Estorilista fez a bola descrever um arco direitinho ao ângulo da baliza adversária, com Adriano Facchini a dar o primeiro sinal que estava na partida para tornar, e muito, a vida difícil aos avançados do Mágico.

Com o Estoril Praia instalado no meio-campo adversário, o Cova da Piedade aproveitou uma bola em profundidade, e a ajuda do vendo, para desmarcar João Meira, que já dentro da área choca com Dano Figueira, com consequente marcação de pontapé da marca de grande penalidade e cartão amarelo para o guarda-redes do Estoril Praia.

Na conversão do castigo máximo Alex Freitas abre o marcador, 1-0 para o Cova da Piedade.

O Estoril Praia não baixou os braço, procurou sempre manter a calma e a personalidade tanto defensiva como ofensiva e até teve perto de marcar, ao minuto 30 Hugo Basto vê Facchini adiantado e remata desde o meio campo obrigando o guarda-redes a uma defesa apertada para canto.

A perder, o Estoril Praia sofreu mais uma contrariedade no objetivo do jogo. João Vieira aproveita uma bola vinda da direita do seu ataque e faz o 2-0 para o Cova da Piedade.

O Estoril Praia via-se pela primeira vez na Liga Portugal SabSeg com uma desvantagem de 2 golos no marcador.

No segundo tempo a formação de Cascais manteve a toada ofensiva e logo nos primeiros minutos Aziz é derrubado dentro da área e na conversão da castigo máximo João Gamboa permitiu a defesa de Adriano Facchini, que voltou a defender a recarga de Hugo Gomes.

Com variações de flanco, com bolas na profundidade a aproveitar a velocidade dos extremos e do ponta de lança ou em jogadas construídas pelo centro do terreno, o Mágico Estoril Praia era dono e senhor do jogo, empurrando a equipa do Cova da Piedade para o seu meio campo defensivo.

Com o tempo a passar e sem conseguir reduzir a vantagem no marcado, Bruno Pinheiro mexeu na equipa. Aos 65 minutos fez entrar Lazare, Vidigal e Rosie para os lugares de Crespo, Murilo e Gamboa, e aos 75 minutos entraram André Clóvis e Chiquinho em troca com André Franco e Bruno Lourenço.

O Estoril Praia ficava com mais referências na área e refrescava os corredores ofensivos e continuava a criar perigo.

Aos 77 minutos Aziz ganha uma bola no meio dos dois centrais adversários, isola-se e remara para grande defesa de Facchini, a bola sobra para Clóvis que remata para nova defesa, parecia intransponível o guardião do Piedade.

Aos 83 minutos, livre lateral no primeiro terço do meio campo do Cova da Piedade, João Diogo centra para a área e Clóvis cabeceia para mais uma defesa de Facchini, esta incompleta, a bola sobra para Rosier que também e cabeça faz o primeiro do Estoril Praia na partida.

Rosier marcou o primeiro dos canarinhos

Sempre com tranquilidade e com um elevado espírito de resiliência, a equipa de Bruno Pinheiro acreditou que era possível passar a ponte 25 de Abril com um resultado favorável e continuou a procurar mudar o marcador a seu favor.

Aos 89 minutos João Diogo cruza na direita, Aziz aparece ao primeiro poste a desviar, Facchini ainda afasta mas André Clóvis, de cabeça, faz o 2-2 e restabelece a igualdade no marcador. O Estoril Praia encontrava finalmente o caminho do golo, marcando por duas vezes em 6 minutos.

Não satisfeitos com o empate, os canarinho continuaram a procurar o golo e aos 90+5 minutos, na sequência de um pontapé de canto, Adriano Facchini nega o golo a Hugo Gomes com mais uma boa defesa.

A acreditar que era possível chegar ao golo, no último minuto do tempo de desconto dado pelo árbitro da partida, o Estoril Praia bate um canto ensaiado do lado direito, André Vidigal centra e André Clóvis remata de cabeça ao segundo poste, a bola é afastada pela defesa contrária mas sobra de novo para o avançado do Estoril Praia, que à meia volta remata de cima para baixo fazendo a bola ressaltar no relvado e sobrevoar dois defesas e o guarda-redes contrário, terminando só no fundo das redes. Que grande golo de André Clóvis, o Estoril Praia dando a volta ao marcador e mesmo em cima do apito final marcava o tento da vitória, numa reviravolta épica.

André Clóvis bisou e marcou o golo da vitória

O Estoril Praia venceu e conquistou mais 3 pontos, desta feita frente a um complicado CD Cova da Piedade que viu o seu guarda-redes, Adriano Facchini, ser eleito o Homem do Jogo.

Após 25 jornadas, o Mágico continua líder da Liga Portugal 2 SabSeg, somando agora 56 pontos, mais 10 que o Feirense e mais 11 que a Académica, ambos com menos um jogo.

Na próxima jornada a formação da Linha recebe a UD Oliveirense, numa partida agendada para as 20 horas de sexta-feira, 26 de março.

Bruno Pinheiro satisfeito com o resultado

“Acho que só é uma vitória difícil pelo facto do resultado ter ficado 2-3 e ter sido alcançado mesmo na última jogada, mas em termos de jogo jogado, a equipa desde o primeiro minuto até ao último soube sempre qual era o caminho que tinha de seguir para ser feliz. Infelizmente o adversário em três remates acabou por fazer dois golos e isso poderia ter causado alguma intranquilidade, mas conseguimos sempre manter a calma, jogar o nossa futebol e dar a volta ao resultado. Penso que o resultado é mais que justo.”, referiu o treinador do Estoril Praia na conferência de imprensa pós jogo.

Ficha de Jogo

O resumo da partida