O Estoril Praia recebeu e bateu o SL Benfica por 2-0, ascendendo à liderança isolada da Liga Revelação.

Na partida disputada esta sexta-feira, 23 de outubro, no Estádio do Real Sport Clube, Vasco Botelho da Costa iniciou a partida com Nuno Macedo na baliza, Tiago Manso, João Guerra, Vasco Oliveira e Pedro Empis na defesa, Duarte Valente, Afonso Valente e Lucho Vega no meio-campo, Chiquinho, Ruben Pina e Gilson como homens mais avançados no terreno.

Começou melhor o Estoril Praia e logo aos 4 minutos, Lucho Vega aproveita uma desatenção da defesa encarnada e no interior da área faz o primeiro para o Estoril Praia.

O caudal ofensivo do mágico manteve-se e até aos 20 minutos de jogo, os orientados por Vasco Botelho da Costa tiveram mais duas oportunidades flagrantes de golo. Primeiro por Pedro Empis, que depois de combinação com Chiquinho faz a bola embater no poste da baliza do Benfica, depois por Ruben Pina a rematar por cima da baliza à guarda de Samuel Soares.

O Benfica procurou reagir, jogando pelas alas e optando por cruzamentos para a área Estorilista, com os centrais João Guerra e Vasco Oliveira a resolveram todas as situações.

No último quarto de hora da primeira parte o jogo ficou mais disputado, com o Benfica a tentar chegar sem sucesso à baliza do Estoril Praia, com o Mágico a criar perigo sempre que chegava a último terço do ataque, mas sem concretizar. Chegou-se ao intervalo com 1-0 no marcador, resultado favorável à equipa de Cascais.

Antes do reatar da segunda parte Vasco Botelho da Costa mexeu na equipa, fazendo entrar Elias para o lugar de Pina e Douglas para o lugar de Chiquinho. O jogo continuou bem disputado a meio-campo, sem grandes oportunidades parte a parte.

Aos 60 minutos o Benfica fica reduzido a 10 unidades, depois de Martim Neto ver pela segunda vez o cartão amarelo.

Ao minuto 64 o Estoril Praia volta a fazer alterações na equipa. Lucas Silva rende Pedro Empis e Lucas Macula rende Gilson, e foi numa jogada de combinação entre os dois homens mais frescos em campo que o Estoril Praia dilatou a vantagem.

Aos 76 minutos Lucas Silva progride pela esquerda, faz um passe atrasado para Lucas Macula que à meia volta defere um remate que só para no fundo das redes de Samuel Soares, estava feito o 2-0 para o mágico.

A vencer por dois o Estoril Praia continuou a pressionar e continuou a criar perigo junto da baliza do Benfica. Primeiro por Macula e depois Lucho Vega tiveram nos pés a possibilidade de dilatar a vantagem para os canarinhos, mas sem sucesso.

No final da partida Vasco Botelho da Costa era um treinador satisfeito, mas ainda assim dizendo que “não fizemos um jogo perfeito, o Benfica dificultou um pouco o nosso jogo, não conseguimos a fluidez que é normal. Tivemos muitas perdas de bola e tivemos que correr e pressionar para a conseguir recuperar. O Benfica jogou de uma forma que não era normal nos últimos encontros, com muito futebol direto. De salientar que conseguimos a espaços criar espaços, impor o nosso futebol e conseguimos criar oportunidades e fazer golos”.

O Estoril Praia é líder isolado da Zona Sul da Liga Revelação, somando 13 pontos ao fim de 5 jornadas.

Na próxima jornada, os Mágicos Sub23 deslocam-se a Odivelas para defrontar o Belenenses SAD, partida agendada para as 15 horas do dia 30 de outubro.