Com foco no combate à manipulação de resultados/match-fixing, o Estoril Praia é uma de duas instituições portuguesas que se juntam ao Projeto BITEFIX (“Building innovative tools for the exchange of information and awareness raising against match-fixing on sport”), cuja principal preocupação incide sobre um dos temas que marca a atualidade no nosso desporto e procura fornecer a todos os agentes desportivos um método de trabalho conjunto, através da sensibilização para o problema, da troca de informação, da partilha de experiências e ferramentas, com o intuito de salvaguardar a integridade do nosso desporto.

Um projeto que, entre outras variadíssimas iniciativas, conta com a coordenação do ICSS (International Centre for Sport Security) e com o apoio do Programa Erasmus+ da Comissão Europeia.

Um esforço conjunto, desenhado e implementado operacionalmente por um grupo de diferentes entidades, públicas e privadas, no qual se encontram o International Centre for Sport Security – ICSS INSIGHT (Reino Unido), Paris 1 Panthéon-Sorbonne University (França), Associação ISCTE Conhecimento e Inovação (Portugal), Fundação Sevilla Fútbol Club (Espanha), Calcio Servizi Lega Pro Srl / Lega Italiana Calcio Professionistico (Itália), Starlizard Integrity Services (Reino Unido), HAŠK Mladost (Croácia) e o Estoril Praia.

Conheça mais informações sobre o projeto em International Centre for Sport Security (ICSS) e Erasmus+.