A equipa de sub23 do Mágico Estoril Praia fez a dobradinha e juntou a Taça Revelação ao troféu da Liga Revelação

O Estoril Praia conquistou esta terça-feira a Taça Revelação, após vencer o SC Braga por 2-1, numa partida disputada no Estádio Municipal de Leiria.

Vasco Botelho da Costa escolheu para iniciar a partida, Jota Oliveira, para a baliza, Tiago Manso, Bernardo Vital, Volnei Feltes e Lucas Silva, para a defesa, Klismahn, Afonso Valente e Lucho Vega, para o meio-campo, Chiquinho, Gilson Tavares e Elias Achouri para o ataque.

Onze inicial

Num jogo onde as duas equipas procuravam levar o troféu para casa, os primeiros 20 minutos de jogo, contaram com incursões nas áreas adversárias, anuladas pelas duas defesas.

Aos 35 minutos, jogada na esquerda do ataque do Estoril Praia, Lucas Silva, dribla quatro adversários, conduz a bola até à entrada da área e remata rasteiro para desvio de Lukas Hornicek.

O primeiro golo do jogo surge aos 38 minutos. Livre estudado do Estoril Praia, Elias Achouri coloca a bola no coração da área do Braga e Gilson Tavares é travado em falta e o árbitro José Bessa assinala grande penalidade. Chamado a converter da marca dos 11 metros, Afonso Valente faz o 1-0.

Afonso Valente marcou o 1-0

Já perto do intervalo, Elias Achori protagonizou umas das melhores jogadas do primeiro tempo. Contra ataque iniciado por Gilson Tavares, que de trivela coloca o avançado cara-a-cara com o guardião do Braga, ganha posição e quando se preparava para fazer golo, Lukas Hornicek desvia a bola com uma palmada.

No regresso para o segundo tempo, nova oportunidade para o Estoril Praia, cruzamento de Lucho Vega, com Gilson Tavares e Klismahn a não concretizarem o remate e Elias a rematar para defesa do guarda-redes do Braga.

O Treinador dos canarinhos procedeu à primeira alteração na equipa aos 65 minutos, Diogo Batista substitui Elias Achouri. Diogo Batista tornou-se o primeiro jogador em Portugal a conquistar por duas vezes a Liga Revelação e Taça Revelação, bem como as duas competições na mesma época.

O segundo golo do jogo foi de Lucho Vega aos 73 minutos. Livre a favor do Estoril Praia, junto a linha final e à área do Braga, Chiquinho bate para o segundo poste e Lucho Vega, de cabeça pica na frente de Lukas Hornicek para golo.

Lucho Vega marcou aos 73 minutos

Refrescou a defesa, com a entrada de João Castro para a posição de Tiago Manso, quando o relógio marcava 77 minutos.

Já em cima do final do tempo regulamentar, Afonso Valente dá lugar a Miguel Veríssimo e Lucas Macula entra para o lugar de Gilson Tavares.

No final dos 4 minutos do tempo de compensação, o árbitro assinala grande penalidade a favor do Braga, após bola no braço do Bernardo Vital. Hernani Infande bateu a grande penalidade e fixou o resultado em 2-1.

A equipa de sub23 do Estoril Praia juntou a Taça Revelação ao título da Liga Revelação

A equipa de sub23 do Estoril Praia terminou esta época com a conquista da Liga Revelação e Taça Revelação 2020/21.

 

Ficha de Jogo