O Dr. Arnaldo Abrantes, Diretor da Unidade de Performance e do Departamento Médico do Estoril Praia, SAD, esteve esta tarde na já habitual teleconferência de imprensa que a Estoril Praia, SAD, tem organizado durante o estado de Emergência Nacional.

Sendo um dos principais responsáveis e colaboradores pelo plano de regresso da competição da Liga Portugal, o diretor clínico, refere que o “Estoril Praia foi dos primeiros clubes a criar estratégias e medidas” para quando da retoma da competição, reforçando a importância de “criar e antecipar estratégias” para que o regresso seja uma realidade.

Questionado sobre possíveis casos de Covid-19, o médico indica que até ao momento não existem quaisquer jogadores infetados. Qualquer possível sintoma tem sido analisado e acompanhado de forma a garantir a segurança de todos, “mas ainda não foi sequer necessário submeter nenhum jogador ao teste”, referiu.

Sendo que no momento ainda não é possível prever um regresso, Arnaldo Abrantes adianta que é importante criar condições de segurança e preparar os jogadores, caso haja um regresso da competição, de forma a evitar lesões.

Quando abordado sobre a eficácia do plano de treino, o responsável pela Unidade de Performance, refere que foram efetuados todos os esforços para dar as melhores condições a todos os atletas. “Neste momento estamos de consciência tranquila. Não é o treino preferencial para um jogador de futebol, mas dentro das nossas limitações tentamos manter a forma física e algum escape mental dos jogadores. É o que conseguimos fazer de melhor.”

O Estoril Praia mantém os treinos das equipas principal e de sub23 através de plataformas digitais.