“Aqui tenho prazer de vir trabalhar” – Dankler

É central, na época passada vestia a número 33 e agora é o seis. Esteve fora cinco meses mas nunca deixou de acompanhar os jogos do Estoril Praia. Está de volta e pronto para ajudar o clube a melhorar o desempenho na Liga NOS. Dankler falou em exclusivo ao site estorilista sobre o “carinho” que sente pelo clube, sobre o regresso e o jogo com o CD Tondela.

1 – Como está a ser este regresso?

Dankler (D) – Estou muito feliz por estar de volta ao Estoril, é um clube pelo qual tenho um carinho muito grande. Tem sido bom estes primeiros dias porque fiz muitos amigos aqui e agora pude reencontrá-los.

2 – Nestes meses que estiveste em França sabemos que não perdias um jogo do Estoril e torcias pela equipa…

D – Via sempre os jogos por causa dos muitos amigos que fiz e, além dos jogadores, pelas pessoas que trabalham aqui diariamente e que nos ajudam em tudo e que fizeram com que houvesse uma identificação com o clube da minha parte. Sinto-me em casa e tenho prazer em vir trabalhar. Por isso vou sempre seguir o clube esteja onde estiver ou vá para onde for.

3 – Achas que a tua experiência aqui e no futebol português pode ser uma ajuda importante para a equipa?

D – Sim. Já passei por situações igualmente complicadas no Botafogo e aqui no ano passado e essa experiência de jogar em situações adversas ajuda a crescer. Posso ajudar pelo crescimento que isso me trouxe e pela noção da importância de cada jogo, que deve ser encarado como uma final.

4 – O jogo contra o CD Tondela será uma dessas finais? 

D – Sem dúvida. Sabemos da nossa qualidade e os resultados não têm aparecido mas a partir de terça temos de mudar isso. Às vezes, em determinadas fases, parece que as coisas não acontecem, as lesões atrapalham… mas se nós conseguimos mostrar um bom futebol agora, quando os resultados nos acompanharem sairá tudo naturalmente. Quando entrarmos em campo temos de deixar os ‘extras’ de parte e centrar as nossas atenções nas indicações do mister, colocá-las em prática, minimizando os erros. E temos de estar juntos nisso porque só assim sairemos desta situação.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.