“Vimos de uma boa série e as expectativas são altas” – Gonçalo Brandão

Estoril Praia e Sporting medem forças este sábado, num duelo pela conquista dos três pontos na 23.ª jornada da Liga NOS. Gonçalo Brandão, defesa estorilista, falou da partida, reforçando a ideia de que a união da equipa será fundamental para os desafios que se aproximam.

“Vimos de uma boa série, a pontuar, e as expectativas são altas”, começou por referir o defesa, considerando que pontuar será fundamental para dar ânimo do grupo. “A confiança é muito importante porque quanto mais acima estivermos na tabela mais soltos estaremos para arriscar mais um passe ou um drible e isso trará benefícios”.

Questionado sobre os níveis de pressão a que os dois clubes estão sujeitos, o central disse que esse é um fator sempre presente, em todas as equipas, por diversas razões. “Na Liga NOS ainda nada está decidido e quer para ser campeão, quer na luta pela manutenção ou para estar na Liga Europa todas as equipas estão sob a pressão de pontuar e ganhar”.

Gonçalo Brandão recusou apontar os nomes dos alvos potencialmente perigosos do adversário e rejeita a ideia de um Sporting enfraquecido sem o capitão leonino. “O Adrien faz falta, é um jogador com classe, campeão europeu, mas o Sporting tem um plantel muito vasto e quem entrar vai ser um elemento também a merecer atenção. Temos de ter em conta todos os elementos porque eles valem pelo seu todo. Se a bola não chegar ao Bas Dost ele não faz golo, mas é o melhor marcador do campeonato e isso merece especial atenção”.

Recusando o ónus de talismã, o defesa falou da importância de uma mentalidade forte para alcançar o sucesso. “Todos os jogadores que estão podem ajudar e temos pensado como equipa, algo muito importante na fase em que estamos”, disse, desvalorizando o pouco tempo entre o jogo da Liga e da Taça de Portugal. “Não é benéfico porque são jogos de muita intensidade com 72 horas de intervalo e seria melhor jogar na sexta. Mas é o que há e temos um plantel com qualidade, qualquer um que entre pode dar boa resposta”.

Qual dos jogos o mais importante? “Direi que é o contra o Sporting porque é o próximo. Mas são os dois. Um é para a Liga e queremos dar seguimento à boa série e o outro é uma meia-final em que também queremos ter uma palavra a dizer”.

O jogo, com arbitragem de Rui Costa, terá início às 18:15 horas de sábado, no Estádio António Coimbra da Mota.

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.