“Gosto que a equipa jogue bem mas há que somar pontos” – Pedro Gomez

O Natal está à porta mas na Amoreira ainda não é tempo de doces e descanso. No sapatinho calhou uma deslocação a Chaves, antes da pausa natalícia, e foi sobre o encontro com os flavienses que o treinador estorilista, Pedro Gomez Carmona, falou ao final da manhã desta quarta-feira.

Durante a conferência de antevisão da partida, o treinador deixou elogios à equipa que terá, no encontro da 15.ª jornada, novo treinador. “O jogo de Chaves será difícil por aquilo que são como equipa. É umas das equipas melhor trabalhadas no campeonato e não é uma casualidade o lugar que ocupa”, referiu, salientando que não são expectáveis grandes alterações no adversário, com a chegada de Ricardo Soares. “Não espero uma grande mudança porque quando as coisas correm bem há que mantê-las”.

Pedro Gomez Carmona mostrou-se ciente das dificuldades, mas acredita que o tempo que teve com os jogadores deu para lhes incutir alguns conceitos fundamentais para somar mais três pontos. “Temos de dar o nosso máximo, mais do que no jogo com o SL Benfica. Gosto que a equipa jogue bem e bonito mas há que ganhar jogos e somar pontos”.

Na hora de responder sobre de que lado está a pressão, o treinador estorilista não teve de pensar muito. “O Estoril está mais pressionado. Temos de ganhar se quisermos estar lá em cima na classificação. O GD Chaves já lá está.”

O jogo entre estorilistas e flavienses será arbitrado por Jorge Sousa que fará soar o apito inicial às 21 horas desta quinta-feira, no Municipal de Chaves.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.